A Guerra Para Acabar Com Todas as Guerras
As lâmpadas estão se apagando na Europa inteira. Não as veremos brilhar outra vez em nossa existência.”
Edward Grey, Secretário das Relações Exteriores da Grã-Bretanha, agosto de 1914

A Primeira Guerra Mundial  (1914-1918) foi a culminância de um amplo processo de competição de mercados e de conflitos entre velhos e modernos Estados europeus, particularmente entre Alemanha, Inglaterra e França. A corrida armamentista entre a França revanchista e a Alemanha expansionista e a disputa dos mares com a Inglaterra levaram à primeira conflagração mundial. Além disso, a necessidade de conquista de novos mercados era uma decorrência dos avanços do capitalismo. (...)

Aula (apresentação em .pdf)
Resumo
Excelente documentário da BBC sobre o Primeiro Grande Conflito Mundial. Diferentemente dos documentários produzidos até hoje que sempre retrataram a Primeira Guerra Mundial sob a ótica norte-americana, este, retrata diferentes visões do conflito, mostrando a guerra na Rússia, Arábia, África entre outros países. A Primeira Guerra Mundial, não se ateve somente aos seus 4 anos cronológicos, mas sim, teve conseqüências muito mais graves do que as milhares de mortes que causou. A pior dessas conseqüências foi à preparação para o maior conflito armado que a humanidade já viveu.

La France (La Fance). Serge Bozon. Fra. 2007, 100 min.

St. George Shoots the Dragon (Sveti Georgije Ubiva Azdahu). Srdjan Dragojevic. Ser. 2009, 120 min. Nota: baseado em fatos reais.

A Casa das Cotovias (La Masseria delle Allodole). Paolo e Vittorio Taviani. Ita. 2007, 122 min. Nota: baseado em fatos reais tendo como pano de fundo o massacre dos armênios.

A Grande Ilusão (La Grande Illusion). Jean Renoir. Fra. 1937, 144 min. Nota: um clássico do cinema.

Meu Filho Jack (My Boy Jack). Brian Kirk. Ing., 2007, 93 min. Nota: história baseada em fatos reais.

Flyboys (Flyboys). Tony Bill. Fra/EUA. 2006, 139 min. Nota: vale apenas pelas cenas de combate aéreo.

Glória Feita de Sangue (Paths of Glory). Stanley Kubrick. EUA. 1957, 87 min. Nota: um clássico!

Feliz Natal (Joyeux Noël). Christian Carion. Fra. 2005, 116 min. Nota: baseado num fato real: na véspera do Natal de 1914, oficiais e soldados que diariamente massacravam uns aos outros desde trincheiras distantes apenas 100 metros umas das outras depuseram suas armas para compartilhar vinho e comida, trocar fotos e recordações e ainda disputar uma partida de futebol na neve.

0 comentários: