África
Em períodos sucessivos, reinos e impérios cobriram grande parte da África, embora sempre tenha havido povos que, por vontade  própria, conservaram organizações políticas superficialmente estruturadas. Apenas a costa mediterrânica, invadida primeiro pelos romanos e depois pelos árabes, e as cidades-estados da África Oriental não estiveram sujeitas às influências políticas desses reinos e impérios. No resto, desenvolveram-se sistemas políticos próprios, que eram um reflexo da organização socioeconômica dos diferentes povos.
Nota: a produção desta aula apresentou enormes dificuldades, a começar pelo tempo reservado a ela: 1, no máximo 2 aulas, para um tema complexo e pouco conhecido. Depois, o problema de fontes acessíveis e os desencontros de informações (datas, grafia de nomes, etc) entre elas. A aula que apresentamos em sua primeira versão não está isenta de erros, redundâncias, ausências que esperamos poder corrigir em versões futuras.

Aula (apresentação em .pdf)
Uma cultura de violência e personalismo na política ainda marca os jovens Estados africanos (Rev. Superinteressante)
Mineradores e com autonomia no deserto do Saara, os habitantes do reino de Gana tornaram-se a mais pode-rosa civilização da África por mais de 400 anos (Rev. Aventuras na História)
Africanidades - História da África e Culturas Tradicionais Africanas
Marcas:

0 comentários: