Uma nova fé
O crescente desprestígio da igreja do Ocidente, mais interessada, nos séculos XIV e XV, no próprio enriquecimento material do que na orientação espiritual dos fiéis; a progressiva secularização da vida social, imposta pelo humanismo renascentista; e a ignorância e o relaxamento moral do baixo clero foram os fatores que desencadearam a Reforma e a Contrarreforma.
Reforma foi o movimento radical registrado na igreja do Ocidente ao longo do século XVI e que, ultrapassando questões disciplinares, deixou à mostra problemas doutrinários de transcendência vital para o cristianismo. As profundas divergências levaram à cisão de algumas igrejas que foram chamadas, de forma global, protestantes.

Reforma e Contrarreforma - Aula (apresentação em pdf)
Calvino, 500 - Analise da obra do reformador francês que levou a teologia cristã a seus limites lógicos e terminou por sacrificar a ideia de um Deus amoroso e clemente.
Reforma Demolidora - No século XVI, Martinho Lutero iniciou a Reforma Protes-tante. O movimento - que incluiu renovação espiritual, mudanças sociais e politicagem - rachou a Europa e ajudou a forjar o mundo atual
Calvinismo e Capitalismo - Texto extraído da obra A religião e o surgimento do capitalismo, do historiador inglês R. H. Tawney 
Lutero [Luther]. Eric Till. ALE/EUA, 2003, 112 min. 
Cinebiografia de Martinho Lutero com alguns momentos de brilho.
A Rainha Margot [La Reine Margot]. Patrice Chéreau. FRA, 1994, 162 min.
Na França do século XVI o casamento entre uma católica e um protestante, feito para acabar com as disputas religiosas locais, acaba desencadeando um violento massacre.

0 comentários: